Pais, Reajo, Logo Existo

QUER SER MELHOR NO SEU TRABALHO? TENHA UM FILHO!

Título super provocativo, eu sei! Tive a mesma impressão ao lê-lo no blog The Cut  da NY Magazine. A coluna “She’s the boss” sempre traz temas relacionado a carreira e filhos, nada muito teórico mas achei válida a reflexão!

Nesse texto a autora fala algo que ouvimos muito: a preocupação de que carreira e filhos pode ser algo muito complicado de conciliar e assim um desses projetos acaba ficando para depois. Será mesmo? Adaptei alguns pontos do texto que achei interessante, vamos a eles!

 

Pressão social

Escutamos normalmente que nos 20-30 anos o foco é totalmente na carreira, a vontade de “ser alguém”, ter seu próprio negócio, etc. Nesse sentido, acredita-se que nada disso será possível realizar com filhos. Realmente a dinâmica de trabalho de quem tem filhos (principalmente pequenos) é diferente dos que não os têm – mas não é um requisito que comprometa a capacidade profissional de ninguém.

Valor diferente ao tempo 

No artigo a autora dá seu depoimento pessoal de como “não tinha tempo para nada” mas nos momentos livres ocupava-se assistindo por horas e madrugadas a fio séries e filmes que não a interessavam, procrastinando atividades, indo a encontros sociais que mais pareciam “desencontros” e trazendo trabalho pra casa. Já na sua vivência depois dos filhos percebeu que começou a se perguntar: “Agora que eu tenho exatos 3 segundos, é desse jeito mesmo que vou gastá-los?” E usá-los de um jeito que a realmente lhe trouxessem algum prazer pessoal.

Eficiência 

O ditado “quando mais coisa se faz – mais coisa se faz” pode ser verdadeiro. Com o tempo reduzido para procrastinar pode-se aprender a coordenar melhor o tempo e atividades e partir logo para a ação!

Elencando prioridades

“É isso mesmo que desejo ser e trabalhar a minha vida inteira?”

Com a chegada dos filhos novos olhares para a vida são abertos. Isso porque os pais também desejam passar tempo com os filhos, prestam mais atenção nos exemplos que estão promovendo e com isso é comum acontecer uma repaginação pessoal. Muitos acabam repensando seus horários de trabalho, e até mesmo a profissão que ocupam.

momworking

Que tal?

Lembrando que obviamente se não existe desejo de ter filhos nada disso se aplica! Cada pessoa tem uma trajetória única, não existe uma fórmula certa ou que isto ou aquilo acontecerá assim que você se tornar pai/mãe. Mas, de outro ponto de vista podemos ver que filhos + carreira pode não ser tão ruim assim!

Fonte: http://goo.gl/PrHZ7C

11 set 15
Comente pelo Facebook
Deixe um comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado

Up