Pais, Reajo, Logo Existo

“VOCÊ QUER SER MÃE OU SÓ TER UM BEBÊ?”

Essa frase me chamou atenção em um dos lugares mais improváveis: comentários de um vídeo sobre maternidade no Youtube.
Acho que ela abre uma reflexão bem legal se tratando de maternidade. É preciso aqui abandonar alguns achismos para verdadeiramente se tornar mãe.

Talvez seu filho não durma tantas horas quanto você gostaria, talvez ele te desafie, talvez não seja o melhor da classe como você sempre quis. É preciso abrir um olhar para a singularidade das crianças: esse é a sua. A cada dia descobrir um cantinho no seu filho que você não conhecia e que é só dele.

As crianças vêem o mundo através dos nossos olhos, por isso devemos olhá-los de volta com o melhor olhar possível. Olhar de amor, de compreensão, de “eu estou aqui”.  Ser mãe nada tem a ver com ter o filho perfeito, em manter o mesmo ritmo e mesmo estilo de vida pré-crianças. Viver a maternidade tem a ver com manter e bancar essa escolha mesmo que implique em abdicações, preocupações, noites sem dormir….

b1461b7668036cd198ac3e33e9bb5b3b

12 out 15
Comente pelo Facebook
Deixe um comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado

Up